“As pessoas não fazem as viagens, as viagens é que fazem as pessoas.” (John Steinbeck)

quinta-feira, 17 de outubro de 2019

6 dicas para planear e poupar para viajar



Sou uma pessoa organizada, regrada e que gosta de números. Gosto de me sentir segura, e confortável com a vida que escolhi para mim e, consequentemente, para os meus miúdos. Porém, a gestão financeira de uma família de quatro requer alguma (muita!) ginástica e bom senso. A par desta minha maneira de ser gosto de viajar e estou sempre pronta para fazer as malas e partir em busca de memórias, e aventuras. Seja pelo mundo fora ou por este nosso Portugal encantado. 

Claro que gostava de viajar muito mais do que viajo, mas infelizmente é preciso dinheiro para viajar. Desengane-se quem acha que é tudo fácil. Não é, mesmo. Mas a boa notícia é que muitas vezes, para ir é preciso muito menos do que grande parte das pessoas imagina. Mas é preciso esforço, planeamento e dedicação antes de avançar. Acredito que são raras as famílias que ao mesmo tempo podem investir num carro novo, numa casa, na televisão topo de gama e continuar a fazer férias e a viajar sem que isso pese no seu orçamento. Não é o nosso caso por aqui. 

A realidade é que a maioria das famílias que tem como objetivo viajar mais tem de tomar opções, tem de priorizar os seus objetivos e decidir o que lhe faz mais sentido em determinado momento da vida e na gestão do seu dia a dia familiar. 


Partilho aqui 6 das coisas que fazemos e que acreditamos que nos ajudam a poupar e a focar. 

1 – Gestão do orçamento familiar e criação de mealheiros ou contas poupança para férias e viagens
Por aqui somos fãs de mealheiros e há anos que os usamos. Todas as semanas temos estipulado uma quantia que vai diretamente para cada um dos 3 mealheiros que temos com 3 propósitos distintos. Como o orçamento familiar não estica, a quantia colocada em cada um não é muito elevada. O truque é ser uma quantia pensada e adequada a cada família, e que seja possível cumprir todas as semanas. Não vale passar semanas à frente. Podemos demorar meses ou anos a conseguir a quantia desejada, mas vamos conseguir e vamos realizar aquelas viagens! 

2 – Fazer orçamentos
Faço sempre um orçamento inicial para as férias e viagens do tipo: nas férias de dezembro ou naquela viagem só posso gastar X e na escapadinha de carnaval, só gasto Y. E planeio tudo tendo em conta esse orçamento: quer os voos, quer os hotéis ou mesmo o gasto diário que podemos ter em alimentação, atividades e souvenirs. 

3 – Flexibilidade na marcação das férias 
Se for possível, ter flexibilidade com as datas para marcação das férias é essencial. Se as datas forem flexíveis consegue-se melhores preços quer para os voos quer para as estadias, que são sempre os itens onde se investe a maioria do orçamento. 

4 – Planear com antecedência e aproveitar os preços mais baixos 
Depois de estudarmos as datas, estamos atentos a promoções e esperamos sempre pelo melhor preço para avançar, principalmente na compra dos bilhetes de avião. Somos 4 e o peso dos bilhetes no orçamento total de umas férias influencia muito, e define muitas vezes se determinada viagem vai ser possível naquele momento ou não.

5 – Reduzir aquilo que compramos 
Por exemplo, já lá vai o tempo em que eu comprava roupa porque sim. Agora aposto em comprar menos, mas melhor. E isto aplica-se tanto a roupa, como a bens para a casa e outros bens supérfluos que muitas vezes comprava porque sim. O dinheiro que se poupa quando começamos a fazer compras mais conscientes é impressionante.

6 – Sonhar
Nunca deixes de sonhar. Não sei quando conseguirei fazer a viagem que tanto desejo mas um dia irei.
“Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado.” 
Roberto Shinyashiki

Bons sonhos e boas poupanças!


SHARE:

1 comentário

  1. Boas dicas ;) E é mesmo isso, a gestão financeira da maioria das família não é fácil, e quando se gosta de viajar temos de fazer estes jogos para conseguirmos! Uma família de 4 já tem um peso valente nos custos de uma viagem...como te entendo! O nosso estilo de viagens é um pouco diferente, gastamos menos no alojamento mas gastamos um pouco no combustível...! Na escolha do destino conta muito a distância, para ver o número de km! Boas viagens*

    ResponderEliminar

Blog Layout Designed by pipdig